Publicado: 03/04/2020 às 16:04
Por: COMUNICAÇÃO CBTP | Categoria: Boletim COVID19

Boletim CBTP Covid 19 – 03 de abril de 2020.

A Confederação Brasileira de Tiro Prático (CBTP) finaliza mais uma semana atenta em passar todas as informações atualizadas do COVID19 no Brasil para seus filiados.

Nesta sexta feira, dia 03 de abril, o Brasil registrou 8.261 casos confirmados e 344 mortes.

A região Sudeste que concentra a maioria dos casos 5.007 e mais de 234 mortes. O estado de São Paulo contabiliza 3.506 casos confirmados e 214 mortes. Rio de Janeiro já soma 992 casos com 41 mortes. Minas Gerais com 397 casos e seis óbitos, e Espirito Santo com 139 casos e quatro mortes.

A região Nordeste aumenta seu número de óbitos, registrando até o fechamento desta matéria, 43, com um total de 1.180 contaminações. O estado do Ceará contabiliza o maior número de mortes, 21 ao todo, e 563 casos confirmados. Bahia registra 267 casos e cinco óbitos, Pernambuco com 136 casos e 10 óbitos, Rio Grande do Norte com 176 casos e quatro óbitos, Sergipe com 24 casos e duas mortes, e Piauí com 19 casos e quatro mortes. Maranhão com 81 casos, Paraíba com 30 casos e Alagoas com 18 casos, todos registraram uma morte cada.

A região Sul registra 833 casos confirmados e 11 mortes. O estado do Rio Grande do Sul possui 396 casos e Santa Catarina com 281 casos, ambas com cincos óbitos, e Paraná com 258 casos e quatro mortes.

Na região Centro-Oeste registrou 532 casos e seis óbitos. O Distrito Federal contabiliza 377 casos e quatro mortes. Goiás com 73 casos e Mato Grosso do Sul com 60 casos, ambos com um óbito. O estado do Mato Grosso registrou hoje sua primeira morte, e contabiliza 41 casos confirmados.

A região Norte com 377 casos e cinco mortes, têm o estado do Amazonas com 260 casos e sete vitimas fatais no topo da lista. Os estados do Pará com 51 e Rondônia com 10, registraram uma morte cada. Acre com 45, Roraima com 30, Tocantins com 12 e Amapá com 19, até o momento não registraram óbitos.

De acordo com a Universidade Johns Hopkings o mundo registra um total de 1.083.823 casos. Desses 58.151 chegaram a óbito e 227.745 de pessoas recuperadas. Os Estados Unidos continuam com o maior número de contaminações 266.558 casos, enquanto a Itália já soma 14.681 mortes.

Confira em tempo real os casos de confirmados no mundo, clique aqui!

O Ministério da Saúde adverte que a melhor forma de prevenção é manter o isolamento social e evitar aglomerações. Quem precisar sair em casos de extrema urgência, o Ministério aconselha a usar mascaras, que podem ser feitas caseiras com panos e de uso individual, para evitar o contágio do vírus.

Fazendo nossa parte, contribuímos para os serviços essenciais, que estão trabalhando para que não nos faltem nada.

Confira mais informações no site do Ministério da Saúde, clique aqui!

A Secretaria da CBTP continua com trabalhando com seu horário normal: segunda a quinta das 08h00 as 12h00/13h00 as 18h00 e as sextas das 08h00 as 12h00/13h00 as 17h00.

Para qualquer solicitação pedimos que nos encaminhe e-mail para os seguintes endereços:

– Mariana Marçal – Setor Competição
e-mail: competicao@cbtp.org.br
Telefone: (31) 9 9894-9905
(Competições, inscrição, reembolsos, créditos, ROs, Seminários, etc.)

– Thaís Gonçalves – Setor Comunicação
e-mail: comunicacao@cbtp.org.br
(Informações de notas, comunicados, notícias, diversos. Se não souber aonde sua solicitação se encaixa pode encaminhar que será direcionada).

– Thaís Rodrigues – Setor Cadastro
e-mail: cadastro@cbtp.org.br
(Atualização de cadastro, documentos, liberação de acesso, declarações, certificados, compra de fardamentos, etc.)

– Cidelina Azevedo – Setor Financeiro
e-mail: financeiro@cbtp.org.br
Telefone: (31) 9 9861-6189
(Recebíveis, despesas, pagamentos, prestação de contas das competições, contabilidade, etc.)

– Deise Marcolino – Setor Coordenação
e-mail: secretaria@cbtp.org.br
(Coordenação geral da secretaria. Se não souber aonde sua solicitação se encaixa pode encaminhar que será direcionada).

A CBTP agradece a compreensão de todos e espera que em breve voltaremos as atividades normais e com muitos alfas.

Foto: Jair Amaral/EM

Compartilhe: